Feb
09
08 de fevereiro de 2021 - 17:16

Fintechs-de-credito-como-implementar-uma-cultura-de cobranca-nas pequenas-startups-think-data-thinkdata

No momento mais delicado da economia, muitas fintechs de crédito começaram a ter um problema até antes inexistente em suas operações: o aumento exponencial da inadimplência! Tudo isso devido a pandemia que dificultou o pagamento pelos tomadores dos empréstimos associada a uma falta de cultura e processos de cobrança. E agora, José?

Nos últimos anos o mercado de crédito foi revolucionado com a chegada das startups voltadas para o mercado financeiro. Conhecidas como fintechs de crédito, elas nasceram para desburocratizar a concessão de empréstimos com taxas de juros mais atrativas além de permitir o acesso de desbancarizados aos serviços financeiros.

Até antes da pandemia, as fintechs de crédito viviam um cenário extremamente positivo, com facilidade na captação de recursos com grandes investidores. Mas neste meio tempo, onde muitas pessoas perderam seus empregos, e o aumento da inadimplência apresentou crescimento, a fonte de (fácil) captação secou!

Diante das dificuldades, as fintechs de crédito chegaram a buscar ajuda do BC (Banco Central) que aprovou a emissão de cartão de créditos por elas, e as fintechs classificadas como SCD (Sociedade de Crédito Direto), poderão atuar como agentes do BNDES.

Entendendo a Inadimplência em uma Fintech de Crédito

Associada as dificuldades de captação anteriormente citada, as fintechs de crédito vêm observando um problema até antes imperceptível em suas operações: a aumento da inadimplência. E com isso, muitas observaram (além dos seus impactos), a inexistência interna de processos de cobrança. Como assim?

Um ponto que tem que estar claro é que a maioria das fintechs de crédito são de pequeno porte, isso é, pouquíssimos profissionais, baixa automação de processos internos e foco quase que exclusivo na captação de cliente e na concessão do crédito.

O problema de quando se “vê” ou foca apenas no início do processo de concessão de crédito, a possibilidade destas fintechs de crédito terem fortes dificuldades na cobrança ou na geração de novos negócios são imensas.

Isso ocorre por vários motivos, mas um dos principais está relacionado a que muitas fintechs de crédito acabam apenas avaliando se o requerente tem ou não restrições financeiras no mercado. Neste caso, as pessoas conseguem a liberação do crédito, contudo, sua capacidade de pagamento futuro é baixa de acordo com informações socioeconômicas que nem chegaram a ser avaliadas. Além é claro, da inexistência de dados cadastrais para contato fidedignos.

Como melhorar o processo de cobrança nas pequenas fintechs de crédito?

Segundo a Think Data, bureau de informações referência no atendimento às principais fintechs de crédito do país, o primeiro passo é automatizar o processo de concessão. Mesmo que a empresa tenha um volume pequeno de análises por mês, é importante que essas utilizem tecnologias que possibilitem a rápida e segura validação do perfil dos requerentes ao crédito.

A ideia que muitas empresas têm é que a automatização traz maior custo – mas nem sempre isso é verdade quando se olha a linha do tempo. Por exemplo: ticket médio baixo de concessão não se faz necessário avaliar indicadores de restrição de crédito, com isso, consegue-se reduz custos e ter segurança similar no processo.

Outro ponto importante é garantir que os dados cadastrais fornecidos pelo proponente na hora da concessão de crédito sejam checados (e estejam corretos), possibilitando assim que ações futuras de cobrança ocorram com sucesso.

Não adianta imaginar que a realização de um processo de enriquecimento cadastral após o surgimento das dificuldades vá trazer o mesmo retorno de quando se avalia um cadastro em sua entrada, pois muitas vezes, a concessão pode estar sendo realizada para um cliente desbancarizado (ou se trata de uma fraude), o que dificultará o recebimento posteriormente, gerando o tão temido FPD (First Payment Default) ou Primeira Parcela Não Paga.

Estratégias e Tecnologias para potencializar a recuperação de crédito das fintechs

Diante deste cenário, a Think Data disponibiliza ao mercado o Valida Fácil – Concessão de Crédito. Já integrado aos principais motores do país – e disponível também para consulta via Browser, a plataforma permite que as fintechs de crédito tenham uma visão socioeconômica 360º de Pessoas e Empresas em todo o Brasil.

São diversas checagens disponíveis, dentre elas, os dados cadastrais atualizados, indo a Renda Presumida, Renda Familiar Per Capita, Óbito, Bolsa Família, Participação Societária em outras Empresas, Situação Profissional no Ministério do Trabalho, dentre outras.

Além disso, a Think Data possui uma interligação direta que permite as companhias verificarem se um telefone fornecido na concessão de crédito possui ou não WhatsApp ativo – retornando inclusive a foto vinculada ao aplicativo. Com isso, conseguisse ter maior segurança com fraude e agilidade e sucesso para futuras cobranças digitais.

E para o caso das fintechs de crédito que não possuem processos estruturados de cobrança, mas já vêm observando problemas com o aumento da inadimplência, a Think Data possuí uma solução única no Brasil denominada Localização Garantida, do qual, utiliza a geolocalização como fator determinante para a localização do devedor, potencializando os indicadores de CPC (Contato com a Pessoa Certa) entre 50% e 70%.

Para conhecer gratuitamente a solução de enriquecimento cadastral voltada para fintechs de crédito da Think Data, acesse: https://www.thinkdata.com.br/teste-gratuito/

CADASTRE-SE no Blog Televendas & Cobrança e receba semanalmente por e-mail nosso Newsletter com os principais artigos, vagas, notícias do mercado, além de concorrer a prêmios mensais.

 

» Conheça os colaboradores que fazem o Blog Televendas e Cobrança.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Escreva um comentário:

[fechar]
Receba as nossas novidades por e-mail:
Cadastre-se agora e receba em seu e-mail:
  • Notícias e novidades do segmento de contact center;
  • Vagas em aberto das principais empresas de Atendimento ao Cliente;
  • Artigos exclusivos sobre Televendas & Cobrança assinados pelos principais executivos do mercado;
  • Promoções, Sorteios e muito mais.
Preencha o campo abaixo e fique por dentro das novidades: