Mar
09
08 de março de 2021 - 17:16

Como-utilizar-a-api-do-whatsapp-nas-operacoes-de-credito-e-cobranca-think-data-thinkdata-televendas-cobranca

À indústria financeira vem se reinventando nos últimos anos através do uso de diversas novas tecnologias – e uma destas é a API do WhatsApp, que traz muito mais segurança na concessão de crédito ou cobrança de devedores. Entenda como essa API funciona e os ganhos para sua operação.

A cada dia que passa observamos competidores entrando no mercado de concessão de crédito, sejam elas novas fintechs ou aplicativos já famosos e consolidados no mercado brasileiro, que observaram uma grande oportunidade de ofertarem produtos financeiros à pessoas desbancarizadas ou a sua própria base de clientes.

A similaridade observada que faz com que (não apenas) estes dois perfis de empresas tenham sucessos na hora de entrar neste mercado e conceder crédito é a utilização de tecnologias inovadoras que possibilitem realizarem uma concessão com total segurança, principalmente na análise de risco do proponente ao crédito.

Quando pensamos na cobrança, os avanços tecnológicos também têm beneficiado essa área a fim de tornar mais confortável e ágil o processo de recuperação de crédito. Um exemplo claro é a implementação do digital para negociação! Até pouco tempo atrás, o telefone e boletos (físicos) eram os principais canais e modus operandi para relacionamento e cobrança do cliente devedor.

Em ambas as vertentes temos uma mesma mola propulsora que alavancou essa transformação digital – o uso da API do WhatsApp na análise para concessão ou recuperação de crédito. Estimasse que aproximadamente 99% dos celulares no país tenham o aplicativo instalado – 93% das pessoas usem o APP diariamente, e o principal, 76% destes interagem com empresas e marcas de sua preferência!

O que é a API do WhatsApp?

De forma macro, a API do WhatsApp é um código fonte que possibilita às empresas realizarem validações em tempo real diretamente no Facebook (proprietária do WhatsApp). Facilmente integrado aos sistemas de cobrança e motores de crédito, a solução possibilita as companhias realizarem milhares de validações por segundo.

Através destas certificações, as financeiras e empresas de cobrança conseguem identificar se um telefone móvel em específico tem WhatsApp ativo, qual a foto vinculada. Além disso, é possível validar se este está associado ao proponente ao crédito – e para companhias que querem ir além, essas podem realizar o processo de geolocalização para cobrança de devedores.

A partir dos retornos possíveis dos status de um telefone móvel (via API do WhatsApp) são possíveis se determinar quais ações uma empresa deve seguir visando ter maior segurança na concessão de crédito ou maior agilidade na recuperação de crédito. Entenda as melhores práticas implementadas pelas empresas no uso deste tipo de solução em suas operações.

Formas de Utilização da Consulta ao WhatsApp via API em Operações de Crédito

Quando pensamos no processo de concessão de crédito (mais tradicional), logo nos vem a cabeça um motor de crédito que verifica primeiramente a existência ou não de pendências financeiras em nome do proponente ao crédito – e em caso positivo, este é sumariamente reprovado!

Em operações mais inteligentes, o processo de avaliação é muito mais dinâmico – e neste caso, é onde a API do WhatsApp entra. Ao invés de se buscar saber (apenas) se uma pessoa tem ou não nome sujo, as companhias avaliam diversas variáveis, dentre elas, a renda presumida, a renda familiar per capita (da residência deste), escolaridade ou se ele está trabalhando (ou recebendo o Seguro Desemprego), dentre diversas outras avaliações.

Uma variável que passou a ser muito utilizada é se o telefone fornecido na hora da concessão de crédito é mesmo do proponente – e se este, tem WhatsApp ativo e qual a foto vinculada. Essas checagens podem ser realizas via API do WhatsApp, e com base nessas informações, muitas empresas têm reprovado o crédito por observarem um alto índice de fraude neste perfil de cliente (sem WhatsApp ativo) – além é claro da dificuldade que estes terão para negociação de valores na hora que estes se tornarem clientes inadimplentes.

Outras companhias não classificam essa variável como determinante pela reprovação de um crédito – mas neste caso, os modelos de credit score internos podem classificar essa variável como relevante, o que tende a reduzir drasticamente o limite de crédito concedido.

A consulta automatizada ao WhatsApp como ferramenta essencial para a mesa de crédito

Um dos maiores desafios das startups e financeiras é em garantir o maior nível possível de automatização dos seus processos de concessão – mas existem casos, que o motor não consegue tomar uma decisão, derivando essas fichas para a mesa de crédito.

A mesa realiza um processo de análise mais manual e investigativo – e neste caso, o WhatsApp tem um importante peso. Através da API do WhatsApp é possível avaliar a foto vinculada ao telefone fornecido – garantindo que o celular obtido ou fornecido realmente é do proponente ao crédito, reduzindo inclusive as chances de fraude. Existem companhias que utilizam essa foto para análise via biometria facial.

A API do WhatsApp possibilita as companhias terem maior segurança e serem uma alternativa inteligente para a redução dos custos com as análises das propostas, ainda mais considerando que em muitas financeiras 90% das propostas analisadas são reprovadas!

Como a API do WhatsApp pode ser utilizada na cobrança de devedores?

Este drive possibilita que as empresas realizem uma integração com o seu front-end (sistema de cobrança) e realize a checagem online de quais os telefones existentes em sua base de dados estão ativos e em uso no WhatsApp.

Outra forma de uso da checagem do WhatsApp é realizar um processo de enriquecimento cadastral e segmentar os telefones vinculados ao devedor que possuem ou não o WhatsApp ativo – e com isso, priorizar estes nos discadores, inclusive, com regras de renitências mais personalizadas.

Mas um dos principais ganhos do uso da API do WhatsApp nas operações está relacionada a cobrança de altos valores. Isso ocorre, pois muitos dos telefones fornecidos em um enriquecimento cadastral podem ser bons, contudo, o cliente, quando atende a ligação, indica não conhecer o devedor, mesmo sendo ele o devedor!

Através da integração com o WhatsApp, as células de Hard Skip, que são profissionais especializados na cobrança de altos valores, podem realizar a consulta visualizando se a foto vinculada ao telefone do WhatsApp é a mesma das que aparecem nas redes sociais – com isso, as chances de o cliente tentar enganar uma operação é muito menor. Mas claro, para isso, se faz necessário uma personalização do script a fim de não abrir a estratégia utilizada para o cliente devedor.

Segundo a Think Data, bureau de informações referência na implementação da API do WhatsApp para operações de crédito e cobrança, este tipo de solução também é muito utilizado para interações via chatbot. De forma macro, as companhias identificam os telefones com WhatsApp ativo e enviam um SMS. Mas por que isso? Se o cliente clicar na URL encurtada e for direcionada automaticamente para o chatbot, o Facebook entende que o acionamento veio por parte do devedor, não classificando o número da empresa como um SPAM.

Geolocalização Real Time: A evolução do WhatsApp

Quando pensamos em localização de devedores, a geolocalização é a tecnologia que pode ser classificada como a evolução comparada ao uso da API do WhatsApp.

Denominada Localização Garantida, a plataforma da Think Data possibilita as empresas realizarem a localização de clientes, real time, via aplicativos.

Totalmente adequado a LGPD, a solução consegue indicar se um telefone tem WhatsApp, se este está ativo – e o principal, se está em uso pelo cliente naquele momento. Tanto que os indicadores de CPC (Contato com a Pessoa Certo) para pessoas com telefones classificados por essa solução são entre 70% e 80%, e o principal, nenhum dos telefones confirmados darão mensagem da operadora ou inválido, o que agiliza o processo de cobrança em até 40%.

Para conhecer gratuitamente a solução de enriquecimento cadastral com integração a API do WhatsApp via Think Data, acesse: https://www.thinkdata.com.br/teste-gratuito/

CADASTRE-SE no Blog Televendas & Cobrança e receba semanalmente por e-mail nosso Newsletter com os principais artigos, vagas, notícias do mercado, além de concorrer a prêmios mensais.

» Conheça os colaboradores que fazem o Blog Televendas e Cobrança.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Escreva um comentário:

[fechar]
Receba as nossas novidades por e-mail:
Cadastre-se agora e receba em seu e-mail:
  • Notícias e novidades do segmento de contact center;
  • Vagas em aberto das principais empresas de Atendimento ao Cliente;
  • Artigos exclusivos sobre Televendas & Cobrança assinados pelos principais executivos do mercado;
  • Promoções, Sorteios e muito mais.
Preencha o campo abaixo e fique por dentro das novidades: